Home  ⇒ Visão global  ⇒ CLP  ⇒  O que é um CLP

O que é um CLP?

CLP significa "Controle Lógico Programável". É um computador de grau industrial projetado para controlar os processos de fabricação. Hoje em dia, você os encontra em quase todas as linhas de montagem, mas também cada vez mais no sistema de serviços de construção.

Os CLPs variam desde pequenos dispositivos não modulares usados para processar sinais binários simples até dispositivos modulares montados em racks grandes, que podem realizar processamento analógico, controle PID, controle de motores, redes e muito mais.

Principais tipos de CLP

CLPs diferentes - A Figura 1 mostra um CLP pequeno, a Figura 2 um CLP modular expansível

Um CLP modular consiste em vários módulos e pode assim ser adaptado individualmente para o seu uso pretendido. Os módulos são montados sobre um trilho de perfilado (rack) de acordo com as regras fixas.

Estrutura de Hardware do CLP

Estrutura de Hardware do CLP

O módulo de alimentação é disposto à esquerda, depois a CPU, seguida das placas de entrada e saída. Dependendo da aplicação, outros módulos, como o painel de comunicação ou o controle do motor, estão dispostos à direita. Os locais de montagem, ou seja, os slots, são numerados da direita para a esquerda por ordem crescente.

O módulo de alimentação gera das tensões de rede 115V ou 230V CA a tensão de operação de 24 V CC para o CLP. Além disso, as funções de monitoramento e sinalização são cumpridas. Em alguns modelos, a fonte de alimentação e a CPU podem ser instaladas em um único modulo.

A CPU representa o módulo central e executa o programa do usuário. Ele lê os estados do sinal do módulo de entrada, processa as instruções do programa do usuário e controla as saídas.

Estrutura PLC

Estrutura CLP

O sistema operacional que controla estes processos é armazenado na memória ROM. O programa, assim como os contadores atuais e os valores de tempo, são armazenados na memória volátil RAM (se não forem armazenados em um "cartão de memória").

A unidade aritmética ALU (Arithmetic Logic Control) realiza as operações aritméticas. O acumulador é um registro da calculadora. Pelo menos dois acumuladores são necessários para realizar operações lógicas e tarefas aritméticas.

Os módulos de sinal SM formam as interfaces entre a CPU e o "mundo exterior". Para proteger a CPU contra picos de tensão e curto-circuitos, os módulos de entrada e saída são isolados galvanicamente através de optoacopladores.

A transferência de dados entre a CPU e os módulos de sinal ocorre através de um barramento do sistema (classificado como paralelo), que está localizado no traseiro do CLP.

Para exigências especiais, o CLP pode ser ampliado com módulos especiais que cumprem tarefas críticas de tempo e computacionalmente intensivas. Exemplos seriam processadores de comunicação, módulos para controle de acionamentos, etc.

< Página anterior | Página seguinte >