Home  ⇒ Visão global  ⇒ Tecnologia de sensor  ⇒ Classificação de sensores

Classificação de Sensores em Automação

Na Automação, existem diversos sensores diferentes. Esta é apenas uma tente de obter uma visão geral dos diferentes tipos de sensores:

Classificação de sensores

Classificação de sensores


Sensores ativos e passivos

Os sensores ativos geram uma voltagem por se mesmo e não precisam nenhuma voltagem de alimentação adicional para funcionar. Exemplos: tacômetros, fotocélulas, termopares.

Os sensores passivos requerem uma voltagem de alimentação. Exemplos: pontes de medição, etc.


Sensores NPN e PNP

Os sensores NPN possuem um transistor NPN em seu estágio de comutação. Aqui, a carga é conectada com a saída de comutação e a voltagem de alimentação geralmente 24V.

Os sensores PNP possuem um transistor PNP em seu estágio de comutação. Aqui, a carga é conectada à saída de comutação e à terra comum (-).

Sensores NPN e PNP

Sensores NPN e PNP


Sensores analógicos:

Sensores analógicos produzem um sinal de saída analógico proporcional ao mensurando. Alguns exemplos são: sensores de temperatura, sensores de pressão, tacômetros, etc. Eles podem ser classificados por seus sinais de saída:

Sensor analógico com saída de voltagem:

Sensor analógico com sinal de saída de voltagem

Sensor analógico com sinal de saída de voltagem

  • Enviar um sinal por longas distâncias causa perdas de voltagem devido à interconexão e às resistências dos cabos.
  • Os sinais de voltagem são sensíveis à captação de ruído eletromagnético. Para minimizar esse problema, podem ser usados ​​cabos blindados, mas com longas distâncias são caros.

Sensor analógico com saída de corrente:

Sensor analógico com sinal de saída de corrente

Sensor analógico com sinal de saída de corrente

A saída de 4 a 20 mA é um sinal muito robusto e confiável, pois a corrente flui por todos os componentes e a corrente pode ser mantida devido ao controle do sensor interno. Falhas causadas por um circuito aberto ou uma perda de energia podem ser detectadas lendo "0 mA", enquanto a obtenção de um sinal entre 4 e 20 mA seria típico de um circuito funcionando corretamente.

< Página anterior | Página seguinte >