Resistores em circuitos mistos

Resistores em conexão mista

Verifique quais resistores estão em paralelo ou em série e simplifique-os. Trabalhe de "dentro" para "fora". Aqui um exemplo: A tensão esperada será calculada. Portanto, você deve determinar a resistência total:

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.1

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.1

Passo 1:   R1, R2 e R3 estão em paralelo e podem ser combinados para formar um resistor substituto R1,2,3.

R1,2,3 = R1/3 = 300 Ω / 3 = 100 Ω

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.2

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.2

Passo 2:   Agora você pode ver que R1,2,3 e R4 estão em série. A resistência equivalente R1,2,3,4 pode ser facilmente determinada somando-as:

R1,2,3,4 = R1,2,3 + R4 = 100 Ω + 150 Ω = 250 Ω

Isto resulta no seguinte circuito equivalente:

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.3

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.3

Passo 3: Agora simplificamos a conexão paralela de R1,2,3,4 e R5:

R1,2,3,4,5   =   R1,2,3,4  *   R5     =  250 Ω  *  300 Ω   =  136,36 Ω
.                    R1,2,3,4  +  R5         250 Ω  +  300 Ω

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.4

ASSOCIAÇAO MISTA DE RESISTORES – fig.4

Passo 4: O resto é uma simples conexão em série. Calcular a corrente total, fluindo através do R6. Isso deveria agora um exercício simples:

Rt = R1,2,3,4,5 + R6  = 136,36 Ω  + 200 Ω = 336,36 Ω

It  =  IR6   =   U   =       24 V         = 71,35 mA
.                    Rt       336,36 Ω

=> Vmedida = UR6 * It    = 200 Ω  *  71,35 mA = 14,27 V